Descolonização do continente africano.

Descolonização do continente africano.

.
Como vimos na colonização do continente às colônias tinham a administração diferenciada de acordo com o colonizador. A descolonização não conseguiu alcançar a transformação social e o desenvolvimento autocentrado. Podemos dizer que a África só mudou de dono, deixou de ser colônia da Europa e ficou subordinada pelos Estados Unidos e União Soviética (a Guerra Fria) o imperialismo foi trocado pelo neocolonialismo.
A ascensão dos Estados Unidos e da URSS como potências mundiais as reivindicações africanas de emancipação e os interesses econômicos das emergentes multinacionais norte-americanas, que tinham como obstáculos as políticas dos impérios coloniais, foram determinantes do processo de descolonização dos países africanos. Mesmo o curto período de duração (menos de um século de ocupação efetiva) foi suficiente para transformar o continente profundamente, tanto do ponto de vista das configurações territoriais herdaram fronteiras coloniais traçadas segundo os interesses europeus como a organização política e social.

Referências Bibliográficas.
Formação Docente- América Latina e África. Cursos de Especialização para o quadro do Magistério da SEESP
Memória da África- Biblioteca Digital

Anúncios
Categorias: Sem categoria | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: